Conheça os melhores pontos turísticos de Shiga

shiga turismo
Embora o Biwako (ou Lago Biwa) preencha 1/6 de Shiga, a província possui muitos pontos turísticos especiais como templos, pontos de interesse público e muitos outros. Conheça alguns pontos turísticos tradicionais e até alguns pouco conhecidos da província de Shiga.

10 – Ruínas do Castelo de Adzuchi
Castelo de Adzuchi
O castelo de Adzuchi, construído por Oda Nobunaga, um dáimio que conquistou quase todo o Japão, é considerado como castelo, mas o senhor feudal não morava nele, mas em sua mansão no local.

Como a segurança do local era muito baixa, os especialistas acreditam que era um castelo para mostrar sua influência política. Contudo, o local continua sendo um dos maiores pontos turísticos históricos de Shiga!

Mapa de acesso: clique aqui
Site: clique aqui

09 – Oumihachiman Tourism Association (Suigo Meguri)
Suigo Meguri
Que tal realizar um passeio em barcos tradicionais japoneses em rios e lagos da província enquanto conhece a natureza e a cidade de Shiga?

Os passeios possuem uma característica própria em cada estação do ano: na primavera os campos ficam floridos com flores de canola, no verão muitas flores e plantas embelezam o local e no outono as diversas cores das folhas (momiji, queda das flores de outono) tornam o local mais colorido.

Os preços são muito acessíveis! O aluguel de um barco para 6 pessoas custa em torno de ¥8,230 ~ ¥11,100 em um passeio de 60 a 120 minutos. (Para alugar um barco, é necessário realizar reservas)

Aproveite para tirar o estresse com sua família!

Página com informações dos passeios (japonês): Clique aqui

08 – Templo de Ishiyama
Templo de Ishiyama
Este templo foi construído em cima de um aglomerado de wollastonita, considerados como monumentos naturais do país.

O objeto de veneração do templo é a estátua de Nyoirin Kan’non, um praticante budista de austeridades versado nas práticas de exorcismos e conhecido por sua eficácia em garantir partos seguros, felicidade e fortuna, e casamentos.

O templo é conhecido por ser o lugar onde a romancista Murasaki Shikibu começou a escrever o Genji Monogatari, ou História do Genji (livro adaptado para várias línguas, inclusive o português).

É um dos principais lugares para os amantes da história e literatura japonesa.

Mapa de acesso: clique aqui
Site: clique aqui

07 – Adzuchijo Tenshu (Torre de vigia do Castelo de Adzuchi) – Nobunaga no Yakata
Adzuchijo Tenshu
Por mais que as ruínas e o muro de pedra do Castelo de Adzuchi ainda restam na província, o edifício principal é localizado na Mansão de Nobunaga, um pouco afastada do castelo. Este lugar exibe toda a sensibilidade de Nobunaga.

Na realidade, o local possui influência católica devido aos missionários da Igreja Católica que visitaram o Castelo de Aduzchi. Na época, os missionários registraram que o castelo supera as construções europeias.

Uma ótima oportunidade de fazer uma viagem no tempo nos restos do Castelo de Aduzchi, que foi destruído pelo fogo.

Mapa de acesso: clique aqui
Site: clique aqui

06 – Samegaishuku
Samegaishuku
Este local era a 61ª pousada construída no Nakasendo, um caminho construído na era Edo que conectava Edo com Quioto, em volta do rio Jizo, conhecido por suas águas purificantes.

O local agora é um museu histórico da era Edo e patrimônio cultural registrado pelo país. Um ótimo lugar para conhecer um pouco da era Edo e se purificar no rio Jizo.

Mapa de acesso: clique aqui
Site (japonês): clique aqui

05 – Castelo de Hikone
Castelo de Hikone
O Castelo de Hikone, muito conhecido pela mascote “Hiko-nyan”, possui uma das torres de castelo mais bonitos do país e é um dos únicos castelos considerados tesouro nacional.

Quando o Castelo de Hikone estava prestes a ser demolido, o imperador Meiji, após ter terminado uma série de viagens por diversas regiões, ordenou a preservação do castelo. Essa é uma história muito conhecida.

Além disso, os arredores do local são considerados como sítios históricos especiais. Este é um dos tradicionais pontos turísticos de Shiga.

Mapa de acesso: clique aqui
Site (japonês): clique aqui

04 – Miho Museum
miho museaum
É um museu de artes baseado na imagem da Arcadia. O projeto arquitetônico foi feito por Ieoh Ming Pei, responsável pela construção da pirâmide de vidro do Museu de Artes de Louvre e do museu leste da Galeria Nacional de Washington.

A coleção de arte do museu contém mais de 2000 artes e ofícios de alta qualidade do Egito, Grécia, Roma, Oriente Médio, Gandara, China e até vestígios das civilizações do Japão. Além disso, o local é muito bonito na primavera e no outono!

miho museaum2

Mapa de acesso: clique aqui
Site (inglês): clique aqui

03 – Kurokabe Square
Kurokabe Square
O Kurokabe Square é uma região ao longo da rodovia Hokkoku de Edo de ruas de centros comerciais que existiram antigamente. Atualmente, esse ponto turístico reúne ruas antigas e coisas modernas. O local é muito conhecido por seus produtos de vidro, mas também possui muitos artefatos, antiguidades ocidentais, caixas de música, e até restaurantes e cafeterias.

Além disso, um dos atrativos do local é poder realizar uma experiência prática de construção de vidros na oficina de vidro. Este é uma parada obrigatória para quem for visitar Shiga.

Mapa de acesso: clique aqui
Site (japonês): clique aqui

02 – Hieizan Enryakuji
Hieizan Enryakuji
O Hieizan Enryakuji é um templo para orar pela paz e harmonia do mundo. O Hieizan é uma montanha onde é possível observar a cidade de Quioto a oeste e o Biwako a leste, e cercado por uma rica natureza. Devido a isso, foi registrado como Patrimônio Cultural Mundial pela UNESCO em 1994.

O local pode ser acessado por estradas ou teleféricos. Após passar pelo local e deixar uma oração, é recomendável um passeio pelos arredores.

Mapa de acesso: clique aqui
Site (inglês – pdf): clique aqui

01 – Biwako
Biwako
O maior lago do Japão não poderia ficar fora desta lista. O Biwako é considerado um dos lagos mais antigos do mundo, ficando atrás apenas dos lagos Tanganica (na África) e Baikal (na Rússia). A partir do Biwako, correm o rio de Seta e o Lake Biwa Canal.

O rio Seta (ou Setagawa), que toma os nomes de Uji e Yodo durante seu percurso, deságua na Baía de Osaka, e mais de 14 milhões de pessoas convivem todos os dias com as águas do Biwako.

Se as condições estiverem favoráveis, é possível observar miragens no início de verão e em outono e inverno.

O Biwako certamente é o ponto turístico mais famoso de Shiga, mas a província possui muitos outros além dos apresentados nesta matéria!

Mapa de acesso: clique aqui
Site (inglês): clique aqui
Fonte: Portal Mie com Retrip

Publicado em Japão, Shiga, Turismo no Japão | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Pacote de viagem: Essência da Coreia

essencia da coreia

Essência da Coreia 2017

Roteiro: Seoul, Monte Songnisan, Daegu, Gyeongju e Busan.
Saídas: 2 e 16 de janeiro, 6 e 20 de fevereiro, 6 e 20 de março, 10 e 24 de abril, 8 e 22 de maio, 5 e 19 de junho, 3 e 17 de julho, 14 e 28 de agosto, 11 e 25 de setembro, 9 e 23 de outubro, 6 e 20 de novembro, 4 e 11 de dezembro.

Itinerário
1º Dia – … / Seoul                                                     [ – , – , – ]
Chegada ao Aeroporto Internacional de Incheon, recepção e traslado ao hotel. Seoul é a capital da Coreia do Sul, e sua área metropolitana é considerada uma das mais populosas do mundo, local onde tecnologia e história convivem em harmonia.

2º Dia – Seoul                                                             [ C , – , – ]
Meio dia de passeio em Seoul, iniciando pelo Museu Nacional da Coréia, seguindo para o Palácio Changdeok e o jardim secreto “Huwon”. Visitaremos também a N Seoul Tower, localizada no Monte Namsan, de onde teremos uma bonita imagem da área metropolitana de Seoul. Retorno ao hotel e tarde livre.

3º Dia – Seoul/ Monte Songnisan/ Daegu            [ C , – , – ]
Pela manhã, visita ao Vilarejo Folclórico Coreano. Seguiremos para o Parque Nacional Songnisan, para visita ao Templo Beopjusa, onde está a mais alta estátua de Buda na Coreia. À tarde, prosseguimento a Daegu. Chegada e traslado ao hotel.

4º Dia – Daegu/ Gyeongju                                       [ C , – , – ]
Após café da manhã, visita ao Museu Yangnyeongsi de Medicina Oriental, onde poderemos relaxar os pés em um banho de ervas medicinais, e visita ao Mercado Seomun. Prosseguimento à cidade de Gyeongju, antiga capital do Reino de Silla.  Visita ao observatório astronômico Cheomseongdae e ao Royal Tumuli Park.

5º Dia – Gyeongju                                                      [ C , – , – ]
Visitaremos o Templo Bulguksa e a Gruta Seokguram. Conheceremos também o túmulo real Gwaeneung e faremos um passeio pelo porto de Guryongpo, observando belas paisagens costeiras. Retorno ao hotel.

6º Dia – Gyeongju / Busan                                       [ C , – , – ]
Saída com destino a Busan, a segunda maior cidade da Coréia depois de Seoul. Parada para visita ao templo Unmoonsa, onde estão as monjas budistas. Chegada e visita à torre de Busan no Monte Yongdusan com um observatório que oferece uma bela vista da cidade. Visitaremos também o mercado de peixe Jagalchi e a Rua Nampodong. Após passeio, traslado ao hotel.

7º Dia – Busan / Seoul                                              [ C , – , – ]
Após café da manhã, traslado de volta a Seoul (poderá ser de ônibus ou trem, será informado no local). Chegada e traslado ao hotel. Restante do dia livre para atividades independentes. Sugerimos compras na área da Universidade Hongik.

8º Dia – Seoul / …                                                     [ C , – , – ]
Café da manhã no hotel e check-out em horário regular. Fim dos nossos serviços. No hotel há ponto de parada de ônibus regular, ou então é possível reservar o traslado privativo separadamente.

Observações:
Valores válidos para embarque até dezembro de 2017.
É necessário mínimo de 4 participantes para que ocorra a saída regular. Consulte-nos no momento da reserva.
Na base de 2 e 3 participantes, os serviços são privativos. Caso desejem outras datas de saídas que não constam nesta lista, consulte-nos sobre a possibilidade.
O itinerário poderá sofrer alterações, tanto na ordem dos locais de visitação, quanto alguns passeios poderão ser substituídos.

Inclui:
7 noites de hospedagem nos hotéis mencionados ou similares.
Refeições conforme descritas no programa, sem bebidas. Legenda: C-café, A-almoço e J-jantar.
Guia local falando espanhol.
Traslados e passeios regulares em minivan conforme descritos, exceto opcionais e o traslado de partida para o aeroporto (8º dia), que deverá ser por conta própria.

Não inclui:
Parte aérea internacional.
Early check-in ou late check-out.
Despesas com documentações.
Gorjetas para guia local, motorista e maleteiros dos hotéis.
Quaisquer despesas extras, não indicadas no programa.

Em acomodação dupla
US$ 2,625
Por pessoa
Base mínima de 4 participantes (regular)
Em acomodação dupla
US$ 2,850
Por pessoa
Base mínima de 3 participantes (privativo)
Em acomodação dupla
US$ 3,800
Por pessoa
Base mínima de 2 participantes (privativo)
Suplemento single
US$ 580
por pessoa

Informações e reservas:
Shigoto.com Agência de Turismo
Largo Sete de Setembro, 52 sl. 1102 e 1103
Liberdade – São Paulo/SP CEP 01501-050
Tel. 11 3101-8193
E-mail shigoto@shigoto.com.br
Site http://www.shigoto.com.br

Publicado em Coreia, Viagens | Marcado com , | Deixe um comentário

Locais em Mie para apreciar a beleza das flores de ameixeira

Veja locais em Mie indicados para apreciar a beleza das flores de ume

flores-de-ameixeira
Originalmente introduzida da China, a ameixa japonesa (ume) tem um importante papel na cultura do país há séculos. Sua popularidade foi eventualmente ultrapassada pela das flores de cerejeira.

A ameixa é associada ao início da primavera, já que suas flores são as primeiras a desabrocharem durante o ano.

Como as flores de cerejeira, há diversas espécies de ameixeiras, muitas das quais foram cultivadas por humanos há séculos. A maioria das flores de ameixeira têm 5 pétalas e variam do branco ao rosa escuro. Ao contrário das flores de cerejeira, as da ameixeira têm uma fragrância forte e doce.

Confira alguns locais em Mie para apreciar a beleza das ameixeira (com base no site Kankomie):

Inabe City Nogyokoen (いなべ市農業公園)
inabe-city-nogyokoenLocal: Inabe
Horário: das 9h às 16h
Período: 17 de fevereiro a 20 de março de 2017
Site para informações: Nogyokoen (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

Nabana no Sato (なばなの里)
nabana-no-satoLocal: Kuwana
Horário: das 9h às 21h
Período: 28 de janeiro a 26 de março de 2017
Site para informações: Nagashima Onsen (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

 
Nanbu Kyuryo Koen (南部丘陵公園)
nanbu-koenLocal: Yokkaichi
Período: meados de fevereiro a meados de março de 2017
Site para informações: Kanko Yokkaichi (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

 

Suzuka no Mori Teien (鈴鹿の森庭園)
suzuka-no-moriLocal: Suzuka
Horário: das 9h às 21h
Período: 18 de fevereiro a 31 de março de 2017
Horário: das 9h às 16h
Site para informações: Akatsuka (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

Sugawara Jinja (菅原神社)
xsugawara-jinjaLocal: Suzuka
Período: 26 de fevereiro a 20 de março de 2017
Site para informações: Kanko Suzuka (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

 

Yuki Shrine (結城神社)
yuki-jinjaLocal: Tsu
Período: meados de fevereiro a meados de março de 2017
Site para informações: Tsukanko (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

 

Kazahaya no Sato (かざはやの里)
kazahaya-no-satoLocal: Tsu
Período: 11 de fevereiro a 26 de março de 2017
Site para informações: Kazahaya no Sato (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

 

Matsusaka Koen (松阪公園)
matsusaka-koenLocal: Matsusaka
Período: meados de fevereiro a meados de março de 2017
Site para informações: Matsusaka Kanko (em japonês)
Localização para referência, veja aqui

Fonte: Portal Mie com Kankomie

Publicado em Japão, Mie, Turismo no Japão | Marcado com | Deixe um comentário

Polícia japonesa vai adicionar termos em inglês nas placas de trânsito

Medida visa reduzir o número de acidentes envolvendo estrangeiros

placas-de-transito

A Agência Nacional de Polícia do Japão (NPA) decidiu adicionar termos em inglês em duas placas de trânsito, a de “Pare” (止まれ/Tomare) e a de “Devagar” (徐行/Jokou).

As placas “Tomare” terão a palavra “STOP” abaixo do termo em japonês. As indicações de redução de velocidade levarão a palavra “SLOW” abaixo do termo “Jokou”, informou a emissora Asahi nesta sexta-feira (16).

O objetivo da medida é reduzir os acidentes com motoristas estrangeiros e também preparar o país para receber mais visitantes de fora durante as Olímpiadas de 2020.

De acordo com as informações da NPA, este ano o número de estrangeiros que visitaram o Japão ultrapassou a margem dos 20 milhões pela primeira vez. Acidentes com motoristas estrangeiros também aumentaram. Em 2015, o órgão registrou 216 casos em todo o país.

A alteração nas placas será realizada a partir de julho de 2017. Há 1,70 milhão de placas de “Pare” no Japão e a NPA estima que pode levar uma década para que todas sejam trocadas.
Fonte: Alternativa

Publicado em Turismo no Japão | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Pacote turístico Tokyo tour 2017

pacote-tokyo-tour

Tokyo Tour 2017 – 9 dias
Saída: 08 de janeiro e 09 de julho de 2017.
Roteiro: Tóquio (Shinjuku, Rio Sumida, Asakusa, Akihabara, Odaiba, Mitaka, Nakano, Ikebukuro, Shinjuku).

Programação da viagem incluindo:
– Passagem aérea internacional para os trechos São Paulo/ Doha/ Tóquio/ Doha/ São Paulo, em classe econômica com a Qatar Airways.
– Hospedagem no hotel mencionado ou similar.
– Late check-out no 8º dia.
– Refeições conforme descritas no programa, sem bebidas. Legenda: C-café, A-almoço e J-jantar.
– Guia acompanhante saindo do Brasil falando português, e assistente local falando japonês.
– Traslados e passeios (exceto opcionais), conforme descritos.
– Seguro de viagem (válido até 75 anos, acima dessa idade haverá adicional e/ou redução da cobertura)

Obs.: Os preços mencionados neste programa estão sujeitos a alteração sem prévio aviso e/ou reajustes devido à oscilação cambial entre as moedas utilizadas, às alterações de tarifa aéreas determinadas pela ANAC e companhias aéreas envolvidas ou em função da indisponibilidade nos hotéis ou mudança de categoria de apartamento previsto nesta cotação. Todos os valores são por pessoa em dólares americanos e deverão ser convertidos em reais de acordo com nosso câmbio turismo no dia do pagamento.

Informações e reservas:
Shigoto.com Agência de Turismo
Largo Sete de Setembro, 52 sl. 1102 e 1103
Liberdade – São Paulo/SP CEP 01501-050
Tel. 11 3101-8193
E-mail shigoto@shigoto.com.br
Site http://www.shigoto.com.br

Publicado em Japão, Tóquio, Tokyo, Turismo no Japão | Marcado com | Deixe um comentário

Maior plantação de lavandas da região Kanto realiza festival neste fim de semana

O Tambara Lavender Park, em Gunma, reúne 50 mil mudas da espécie

lavandaA maior plantação de lavandas da região Kanto fica em Numata (Gunma), com um total de 50 mil mudas que formam um tapete natural gigante em tom lilás nessa época do ano.

Para manter as flores por mais tempo, o Tambara Lavender Park planta três variedades, que florescem em ritmo diferente. Dessa forma, o pico da floração, que já começou, dura até meados de agosto.

Localizado a uma altitude de 1.300 metros acima do nível do mar, a temperatura média no local durante o dia é de 25 graus. Mesmo no verão, o clima ameno torna os passeios menos cansativos para os visitantes.

Mesmo assim, quem se cansar, pode buscar uma sombra entre as árvores do parque e desfrutar da vista proporcionada pelo campo.

Neste final de semana, dias 23 e 24, o parque realiza o “Tambara Lavender Festival 2016”, com atrações de neve natural para as crianças (dia 23) e colheita de lavandas nos dois dias.

O Tambara Lavender Park funciona até o dia 4 de setembro, das 8h30 às 17h. A entrada para adultos custa entre ¥800 e ¥1.000 (conforme a floração), para estudantes do shougakkou custa entre ¥300 e ¥500 e é gratuita para crianças menores.

O local fica a cerca de 30 minutos da saída Numata IC da rodovia Kan-etsu. Para quem for de trem, há ônibus direto a partir da estação Numata, da linha Joetsu.
Fonte: Alternativa

Publicado em Gunma | Marcado com , , | Deixe um comentário

Imperdível “lua de morango” desta noite vista no Japão

lua-de-morangoO fenômeno chamado strawberry moon (ou lua de morango, na tradução literal), pode ser visto em todo o Japão, nesta noite de segunda-feira (20/jun).

O strawberry moon só acontece uma vez ao ano, quando a lua cheia fica com um tom avermelhado. A foto é do jornal Asahi, com um clima romântico, onde as pessoas puderam ver a “lua de morango” através da roda gigante que fica em Odaiba, na capital japonesa.

De acordo com o Observatório Astronômico Nacional do Japão, quando o sol nasce mais alto no ano, a lua cheia fica mais próxima ao horizonte. Como o pôr do sol, a lua fica avermelhada, mais do que o habitual, devido à influência da atmosfera.

Para todos no Hemisfério Norte, esta segunda-feira marca o solstício de verão, o dia mais longo do ano. A título de curiosidade, esse nome foi dado pelos índios americanos por assinalar o início da temporada de morangos. E no hemisfério norte, essa lua é chamada de “lua de mel”, porque é um mês popular para casamentos, segundo o Science Alert.
Fonte: IPC Digital com Asahi e Science Alert

Publicado em Japão | Marcado com | Deixe um comentário